Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária – ST no Sistema ERP

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária (ST) no sistema ERP – Rz ERP

De todas as funcionalidades existentes no sistema de gestão RZ ERP um das mais utilizadas é a Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária. Neste artigo será explicado o passo a passo de como emitir uma Nota Fiscal com Substituição Tributária, mas antes vamos de explicar o que é a Substituição Tribuária.

 

O que é Substituição Tributária (ST)?

A Substituição Tributária (ST) é o regime pelo qual a responsabilidade pelo ICMS devido em relação às operações ou prestações de serviços é atribuída a outro contribuinte.
Lei estadual poderá atribuir a contribuinte do imposto ou a depositário a qualquer título a responsabilidade pelo seu pagamento, hipótese em que assumirá a condição de substituto tributário.

Assim temos na legislação 2 modalidades de contribuintes:

1) Contribuinte Substituto: é aquele eleito para efetuar a retenção e/ou recolhimento do ICMS;

2) Contribuinte Substituído: é aquele que, nas operações ou prestações antecedentes ou concomitantes é beneficiado pelo diferimento do imposto e nas operações ou prestações subsequentes sofre a retenção.

A responsabilidade poderá ser atribuída em relação ao imposto incidente sobre uma ou mais operações ou prestações, sejam antecedentes, concomitantes ou subsequentes, inclusive ao valor decorrente da diferença entre alíquotas interna e interestadual nas operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidor final localizado em outro Estado, que seja contribuinte do imposto.

A atribuição de responsabilidade dar-se-á em relação a mercadorias, bens ou serviços previstos em lei de cada Estado.

 

Como configurar Substituição Tributária (ST) no RZ ERP

Para fazer a emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária são necessárias fazer algumas configurações no seu RZ ERP.

No Cadastro da Empresa o primeiro passo é habilitar “Utilizar Tabela de ICMS por UF e Mercadoria”, para isso no seu RZ ERP vá em Configurações->Cadastrar Empresas depois vá na aba Dados Fiscais.

Nesta aba habilite a opção “Utilizar Tabela de ICMS por UF e Mercadoria”.

Depois de efetuar a alteração é muito importante você fechar o RZ ERP e abrir novamente.

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária - habilitar tabela de icms por uf e mercadoria

 

Depois disso, você deve informar os valores na tabela de ICMS por e NCM.

Para isso vá em Cadastrar -> Fiscais -> Tabela de por UF e Classificação Fiscal (NCM)

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária - cadastro tabela de icms por uf e ncm

 

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária - tabela de icms por uf e mercadoria

 

Aqui vamos explicar o que deve informado em cada campo nesta tela, porém será explicado apenas os campos utilizados no Cálculo da Substituição Tributária.

Primeiro você deve selecionar a Empresa e a UF, ou seja, você deve informar para qual empresa e para qual UF será cadastrado as informações.

Você também pode filtrar por NCM, ou seja, pode filtrar apenas um NCM, caso não liste abaixo é porque não foi cadastrado.

Você ainda pode filtrar por RefA, ou seja, caso não saiba qual é o NCM de uma RefA, você pode informar a RefA e o sistema irá obter o NCM daquela RefA, caso não liste abaixo é porque não foi cadastrado.

Aqui está uma breve explicação de cada campo:

ClFiscalCompleta

É o NCM, você deve informar o NCM que está em seu cadastro. Para informar nesta tela, primeiro você tem que cadastrá-lo em Cadastrar -> Fiscais -> Classificações Fiscais.

Aplicação

É a aplicação que foi cadastrada no NCM. Não é possível alterar nesta tela. Caso queira alterar você deve ir no cadastro da Classificação Fiscal que fica em Cadastrar -> Fiscais -> Classificações Fiscais.

Modalidade Icms

É o Grupo Tributação do ICMS.

Para empresas optantes pelo Lucro Real ou Presumido (regime normal) os códigos devem estar dentro dessa listagem:

00 – Integral
10 – ICMS por Substituição
20 – Com Redução da Base de Calculo
30 – Isenta ou não tributada com ICMS Substituto
40 – Isenta
41 – Não Tributada
50 – Suspenção
51 – Diferido
60 – Icms cobrado anteriormente por substituição
70 – Com redução da base de calculo com ICMS Substituto
90 – Outras

 

Para empresas optantes pelo Simples Nacional os códigos devem estar nesta listagem:

101-(Simples) Tributada pelo Simples Nacional com permissão de crédito
102-(Simples) Tributada pelo Simples Nacional sem permissão de crédito
103-(Simples) Isenção do ICMS no Simples Nacional para faixa de receita bruta
201-(Simples) Tributada pelo Simples Nacional com permissão de crédito e com cobrança do ICMS por substituição tributária
202-(Simples) Tributada pelo Simples Nacional sem permissão de crédito e com cobrança do ICMS por substituição tributária
203-(Simples) Isenção do ICMS no Simples Nacional para faixa de receita bruta e com cobrança do ICMS por substituição tributária
300-(Simples) Imune
400-(Simples) Não tributada pelo Simples Nacional
500-(Simples) ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária (substituído) ou porantecipação
900-(Simples) Outros

Normalmente o código utilizado para Substituição Tributária deve ser 10, 30 ou 70 para empresas  optantes pelo Lucro Presumido ou Real e para empresas optantes pelo Simples Nacional deve ser 201, 202 ou 203.

% ICMS

É a Alíquota Interestadual de ICMS da UF de Destino

% Redução ICMS

É o percentual que é subtraído da Base de Cálculo de ICMS

Modalidade Substituto

É o código da Modalidade de determinação da BC do ICMS ST. Normalmente é utilizado o código 4.

MVA (Normal)

É o Percentual da Margem de Valor  Agregado do ICMS ST utilizado quando seu Cliente é do Lucro Real ou Presumido.

MVA (Simples)

É o Percentual da Margem de Valor  Agregado do ICMS ST utilizado quando seu Cliente é do Simples Nacional

% ICMS Substituto

É a Alíquota do imposto do ICMS ST

CFOP

Verifique com sua contabilidade qual a melhor CFOP a ser utilizada nessa situação

Acrescentar IPI na Base do Subst. Trib.

Quando o IPI deve ser somado com a Base de Cálculo do ST, habilite essa opção.

 

Pronto! Agora você pode fazer a Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária que o sistema irá calcular os valores de ICMS Substituto.

 

Planilha Excel para simulação de Substituição Tributária

Os valores de ICMS Substituto na hora da Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária não estão corretos?

Utilize nossa planilha Excel para fazer simulações dos valores de Substituição Tributária que sua Nota Fiscal Eletrônica deve totalizar.

Baixe aqui gratuitamente nossa planilha excel:  Planilha-Excel-Simulação-ST.xls (301 downloads)

3 Responses to “Emissão de Nota Fiscal Eletrônica com Substituição Tributária – ST no Sistema ERP”

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>